top of page

Vizinhos doparam pedreiro com ‘boa noite, Cinderela’, o mataram e ostentaram dinheiro roubado

Segundo a polícia, a vítima tentou reagir, mas foi amarrada e morta asfixiada com um saco plástico. Eles foram indiciados e vão responder por latrocínio.


G1-Goiás

Grupo é indiciado após morte de pedreiro que foi amarrado, roubado e dopado com ‘boa noite, Cinderela’ — Foto: Divulgação/Polícia Civil



Um grupo foi indiciado por latrocínio após a morte do pedreiro Cláudio Rodrigues Costa, de 63 anos, que foi amarrado, roubado e dopado com ‘boa noite, Cinderela’, em Trindade, região Metropolitana da capital. Segundo o delegado Douglas Pedrosa, os acusados do crime eram vizinhos dele.


“Dos quatro acusados, três moravam há 1 mês na casa ao lado da vítima. À convite de Cláudio, duas mulheres foram até a casa dele para beber cerveja. Uma delas aproveitou e colocou remédio na bebida dele que ficou sonolento”, disse o delegado.


Os policiais descobriram ainda uma foto tirada na manhã posterior à morte, em que uma das acusadas aparece ostentando o dinheiro subtraído da vítima.


Douglas contou que o idoso não apagou e continuou sonolento. Neste momento, as duas mulheres chamaram os outros dois, por mensagem, para entrar na casa, e Cláudio tentou reagir.


Com isso, eles amarram as mãos dele com uma corda e o mataram asfixiado com um saco plástico. O quarteto levou R$ 1,5 mil, um balde de moedas, uma televisão, um celular, produtos de higiene e alimentos.


O crime aconteceu no dia 21 de julho, por volta das 23h30, e cada um dos integrantes foram encontrados e presos em locais diferentes, como no Jardim Novo Mundo e Setor Nova Esperança em Goiânia e Inhumas. Todos foram presos há 20 dias.


O delegado disse ainda que para não chamar atenção, o grupo passou os itens roubados pelo muro que divide as casas. Eles fugiram na madrugada.

376 visualizações0 comentário

Komentar


bottom of page