top of page

PMGO afasta policiais do COD suspeitos de armar emboscada e executar dois homens

Vídeo gravado por suposta vítima leva Comando Geral a determinar afastamento imediato e abertura de investigação




Olha Goiás




O Comando Geral da Polícia Militar tomou medidas firmes após um vídeo chocante surgir, gravado por uma suposta vítima, levantando sérias suspeitas sobre a conduta de policiais do COD (Comando de Operações de Divisas).


O vídeo, capturado através de um aplicativo espião, sugere fortemente que os policiais planejaram uma emboscada, resultando na execução de dois homens no Setor Jaó, em Goiânia, simulando um confronto.


Assim que o vídeo veio à tona, o Comando Geral da Polícia Militar agiu rapidamente, determinando o afastamento imediato de todos os policiais envolvidos na ocorrência.


Além disso, um Inquérito Policial Militar foi instaurado, e os policiais já foram ouvidos pela Corregedoria da Polícia Militar. A medida visa garantir a transparência e a imparcialidade na investigação do caso.


De acordo com fontes da PM, o vídeo sugere que os policiais do COD planejaram um encontro com as vítimas, possivelmente em uma emboscada premeditada. As imagens revelam que as vítimas não ofereceram resistência e que uma arma foi colocada estrategicamente para simular um confronto armado.


Porém, a versão apresentada pelos policiais difere drasticamente. Segundo relatos das autoridades, os dois homens mortos faziam parte de uma quadrilha especializada em extorsão.


Os policiais afirmam que, durante uma abordagem no Setor Jaó na segunda-feira, dia 1, os suspeitos não obedeceram à ordem de parada e abriram fogo contra a equipe do COD. Em resposta, os policiais teriam revidado, resultando na morte dos suspeitos

834 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page