top of page

PC prende suspeito de armazenar mais de 27 mil arquivos de pornografia infantil

Em operação foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão resultando em duas prisões e apreensão de aparelhos eletrônicos que serão analisados


Olha Goiás



A Polícia Civil de Goiás (PCGO) cumpriu quatro mandados de busca e apreensão nas casas de suspeitos de armazenar pornografia infantil. A Operação Prostasia II aconteceu em Goiânia, Aparecida, Rio Quente e Goiatuba e com um dos alvos foram localizados mais de 27 mil arquivos.

A operação foi realizada na manhã desta quarta-feira (10). Em três residências foram encontrados materiais de exploração sexual infantil, e na quarta foram apreendidos aparelhos que serão enviados à perícia para análise.


De acordo com a PC, duas pessoas foram presas em flagrante durante as buscas, e um dos presos possuía cerca de 27.500 arquivos de pornografia infantil armazenados.

Participaram da operação da Homeland Security Investigations da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e Polícia Federal (CCASI/CGCIBER/DCIBER/PF).


19 visualizações0 comentário
bottom of page