top of page

Mulher é presa por golpe de R$ 111 mil contra o INSS, em Itumbiara

Suspeita pode pegar até seis anos de reclusão


Mais Goiás

Mulher é presa por estelionato previdenciário, em Itumbiara (Foto: Divulgação/Polícia Civil)


Uma mulher, de 24 anos, foi presa por estelionato previdenciário contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Itumbiara, na região sul de Goiás. A investigada recebeu cerca de R$111 mil a título de benefício previdenciário por meio de fraude. A prisão ocorreu nesta terça-feira (19).


Segundo a Polícia Civil, os benefícios foram obtidos com a utilização de dados de processos judiciais forjados, além de não haver registro de requerimento dos benefícios no administrativo do INSS. A fraude foi identificada por meio de uma filtragem de dados nos sistemas do órgão.


A Coordenação de Inteligência da Previdência Social descobriu que estavam disponíveis para saque os valores de R$ 53.286,10, em Itumbiara, e R$ 72.231,84, em Aparecida de Goiânia. Conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os benefícios irregulares causariam um prejuízo de mais de R$ 4 milhões aos cofres públicos.


De acordo com a operação, a mulher realizou transações bancárias em contas de pagamento por benefícios de aposentadoria por invalidez previdenciária e amparo social à pessoa portadora de deficiência. A prisão contou com o apoio da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado de Goiás (FICCO/GO).


Caso condenada, a mulher pode pegar até seis anos de reclusão. A identidade da suspeita não foi divulgada e, por isso, não foi possível localizar a defesa dela.

19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page