top of page

Morre o ex-piloto de F1 Wilson Fittipaldi, aos 80 anos

Wilsinho, como era conhecido, correu na Fórmula 1 em três temporadas e fundou com o irmão Emerson a Copersucar, única equipe brasileira na categoria até hoje. Ex-piloto estava internado desde dezembro




GE

Wilson Fittipaldi — Foto: Reprodução/Instagram



Aos 80 anos de idade, morreu nesta sexta-feira, às 6h, Wilson Fittipaldi Júnior, vítima de complicações por uma parada cardíaca sofrida em dezembro após um engasgo. O ex-piloto da Fórmula 1 era irmão mais velho do bicampeão mundial Emerson Fittipaldi e deixa, além dele, a esposa Rita e o filho Christian Fittipaldi, que também teve passagem pela F1.


Ele também era tio de Emmo Fittipaldi e tio-avô de Pietro e Enzo Fittipaldi, estes piloto reserva da Haas na F1 e ex-piloto da Carlin na F2, respectivamente.


Wilsinho estava internado no Hospital Prevent Senior na Zona Sul de São Paulo desde o Natal de 2023, mesmo dia em que completou 80 anos. Conforme relatado pela mulher Rita, o ex-F1 se engasgou com um pedaço de carne, sofreu uma parada cardíaca e foi hospitalizado, entubado e sob sedação.



Wilson Fittipaldi Júnior, chamado carinhosamente de Wilsinho, nasceu em uma noite de Natal: 25 de dezembro de 1943. Inspirado pelo trabalho do pai, o "barão" Wilson Fittipaldi, que costumava narrar automobilismo, Wilsinho rapidamente se encantou por esse novo mundo. Na década de 70, chegou à Fórmula 1.


No total, foram três temporadas na maior categoria do automobilismo mundial: duas pela Brabham (1972 e 1973) e uma pela Copersucar (1975), na temporada de estreia da equipe brasileira fundada por ele e pelo irmão, Emerson.


Mesmo após encerrar sua participação na Fórmula 1 como piloto, Wilson Fittipaldi continuou no mundo do automobilismo. Foi dele o comando da Copersucar após Emerson passar a correr pela equipe. Assim o trabalho continuou, até 1982 - último ano da equipe dos irmãos Fittipaldi na categoria.


Wilson Fittipaldi ainda disputou outras competições - entre as décadas de 80 e 90, participou de cinco edições da Stock Car. Mesmo neste século, já com mais de 50 anos, fez parceria com o irmão Emerson em 2008 no Campeonato Brasileiro de GT3.

32 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page