top of page

Criminosos fingiram ser gestores de universidade de Rio Verde para dar golpe em alunos

O grupo auferiu mais de R$ 20 mil de lucro com o crime e fez pelo menos 30 vítimas


Mais Goiás

Computador apreendido na operação (Foto: Polícia Civil)


A Polícia Civil de Goiás prendeu, nesta quinta-feira (16), suspeitos de praticar estelionato contra pelo menos 30 alunos de uma universidade de Rio Verde.


Os criminosos fingiam ser gestores da instituição de ensino superior e enviavam falsos boletos de cobrança às vítimas pelo Whatsapp. O grupo auferiu mais de R$ 20 mil de lucro com o crime.


O golpe aconteceu ao longo de todo o ano passado. A operação contou com a participação de 25 policiais civis e 10 policiais penais, e alcançou as cidades de Morrinhos e Aparecida de Goiânia.

13 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page