top of page

Corretor de grãos é suspeito de aplicar golpe de R$ 400 milhões em produtores de Rio Verde

Polícia Civil investiga fraudes que lesaram diversos empresários do agronegócio; suspeito enviou e-mail alegando ameaças e dificuldades financeiras



Olha Goiás



Um corretor de grãos é suspeito de aplicar golpes que podem somar R$ 400 milhões em prejuízos a produtores e empresários do agronegócio em Rio Verde, segundo informações da Polícia Civil.


O delegado responsável pelo caso, Danilo Fabiano, explicou que o corretor oferecia contratos ou cheques como garantia aos produtores, recebia os grãos e não efetuava os pagamentos.


As investigações revelaram que na manhã de quinta-feira (20), o corretor enviou um e-mail às vítimas, alegando que estava sofrendo ameaças, que não poderia retornar a Rio Verde e que havia falido, causando prejuízos a "grandes amigos".


No e-mail, cuja veracidade ainda está sendo investigada pela polícia, o corretor prometeu pagar a todos no futuro. "Eu vou voltar um dia e honrar cada um de vocês e vou pagar a todos", dizia a mensagem.


Até o momento, seis vítimas já registraram boletins de ocorrência contra o corretor. A polícia acredita que mais produtores possam ter sido lesados e continua as investigações. O suspeito já atuava no mercado do agronegócio há cinco anos, o que aumenta a possibilidade de existirem mais vítimas.


Em nota, a Polícia Civil informou que está em posse das informações necessárias sobre o caso e está tomando as medidas cabíveis. A polícia também aguarda reunir mais detalhes sobre o suspeito para fornecer novas informações à imprensa.


Com informações do g1 *

67 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page