top of page

Zagueiro do Valencia pode encerrar carreira após lesão contra Real Madrid

Globo Esporte



A grave lesão sofrida por Mouctar Diakhaby, do Valencia, no jogo contra o Real Madrid pode encerrar a carreira do jogador. O zagueiro teve um deslocamento do joelho direito, rompendo os ligamentos cruzados anterior e posterior.

Esta é considerada a lesão mais grave que um jogador de futebol pode ter no joelho. De acordo com o médico Juan José López Martínez, que trabalha com o tenista Carlos Alcaraz, há sério risco de que Diakhaby não volte a jogar futebol.

- Primeiro, é preciso fazer com que o paciente consiga voltar a andar. Trata-se de uma lesão gravíssima e, por isso, corre sério risco de não poder voltar a jogar o futebol. Esta lesão danifica a cartilagem, que é uma estrutura que não se regenera - explicou Martínez ao "Estadio Deportivo".

A princípio, o prazo estimado para que Diakhaby possa voltar a treinar é de, no mínimo, entre nove meses e um ano.

- A batalha será longa, mas estou pronto para isso e farei todo o possível para voltar o mais rápido possível e ainda mais forte - escreveu Diakhaby em suas redes sociais.

A lesão ocorreu no empate entre Valencia e Real Madrid, no último sábado. Diakhaby se chocou com Tchouaméni na área do Valencia, no fim da partida. Imediatamente, os companheiros pediram atendimento médico para o jogador e ficaram preocupados com seu estado.

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Fórmula 1 divulga calendário de 2025 com 24 corridas

A modalidade manteve o mesmo número de corridas de 2024 para o calendário do ano que vem. Veja a partir de quando a temporada começa Metrópoles A Fórmula 1 confirmou o calendário de 2025 com 24 etapas

Comments


bottom of page