top of page

Wilder Morais descarta composição com Sandro Mabel e reforça pré-candidatura de Gayer

Presidente do PL em Goiás afirma que houve tentativa de coalizão "contra o PT" na capital, mas articulação acabou não vingando




Mais Goiás

Wilder Morais reforça Gustavo Gayer como pré-candidato do PL à Prefeitura de Goiânia (Foto: divulgação)




O senador da República e presidente do PL em Goiás, Wilder Morais (PL) descartou nesta quarta-feira (3) uma composição com o pré-candidato da base caiadista em Goiânia, Sandro Mabel (União Brasil) e reforçou o deputado federal Gustavo Gayer (PL) como pré-candidato de sua legenda no pleito. O empresário até pontua que houve uma tentativa de unificação entre os candidatos à direita e que fazem oposição ao PT, mas isso não foi possível.


“Tentamos achar um caminho para ter um candidato, mas não tivemos essa convergência. O Gayer é o nosso candidato”, pontuou ao Mais Goiás durante evento que lançou a pré-candidatura do deputado federal professor Alcides, no escritório politico do parlamentar, em Goiânia. O próprio Sandro Mabel destacou ao portal que iria conversar com o PL numa tentativa de executar uma coalizão de partidos de centro-direita.


Morais destacou que a tentativa de unificação da direita se frustrou porque não houve cessão nos diálogos. “Os partidos já definiram os candidatos e nós também definimos”, pontuou. Questionado se não havia conversado com o governador Ronaldo Caiado para uma eventual dobradinha, Wilder tergiversou.


“O PL sempre teve candidato em Goiânia. A gente entendia que a direita que faz oposição ao PT pudesse ter um candidato único, mas isso já passou. Nós mantemos o que é o nosso candidato e ele é o Gayer”, reforçou pontuando que Gustavo está animado e terá sua pré-candidatura lançada durante evento com presença do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), nesta quinta-feira (4), na capital. 


“Amanhã será feita uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro. Ele será anunciado pelo pré-candidato a prefeito neste grande evento”, destacou.

477 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page