top of page

Vojvoda cita propostas e não crava permanência no Fortaleza para 2024

Treinador fala sobre motivações para a próxima temporada


GE

Vojvoda, Fortaleza, América-MG — Foto: Thiago Gadelha/SVM


Juan Pablo Vojvoda tem contrato até o fim de 2024 com o Fortaleza. Após a vitória sobre o Goiás neste domingo, em casa, pela Série A, o treinador foi questionado sobre propostas que poderiam surgir para tirá-lo do Leão. O argentino falou sobre contrato, motivações e o peso da família nas decisões que irá tomar para o próximo ano.


- Tenho um ano a mais de contrato. Minha cabeça até hoje, e como deve acontecer até quarta, está somente no Fortaleza. Não vou esconder a realidade. Há algumas propostas que posso chegar a receber. Mas nesse momento eu falei, tenho o contrato com o Fortaleza, gosto de respeitar contratos. Necessito de um tempo para descansar, para planejar. Hoje (no domingo) me reuni com o Marcelo Paz. Disse: "isso é o que necessita o Fortaleza para o próximo ano". Falamos sobre o que necessita o Fortaleza. E a partir daí, dessa conversa, necessito desse tempo para planejar. Planejo com minha família. Ano passado aconteceu algo similar. Tivemos propostas, mas sentei com minha família e decidimos pelo contrato de dois anos. Falei com diretoria, o que Vojvoda necessita, o que Vojvoda precisa. Estamos perto da maioria das coisas. Mas também necessito um planejamento pessoal também - detalhou Vojvoda.


- Em determinado momento será o que necessita o Vojvoda. Em nível pessoal, familiar. Econômico não estou com tanta pressa. Não sou uma pessoa que tem milhões. Tenho um bom salário, agradeço o Fortaleza. O dinheiro alguns dão maior valor, outros menos. Mas o principal é o dia a dia, estar gostando o dia a dia, do processo. São os objetivos que se podem conseguir no clube que se trabalha - afirmou Vojvoda.


Em 2023, Vojvoda levou o Tricolor do Pici ao tão sonhado pentacampeonato estadual, inédito na história do clube. O levou também a uma final internacional, também inédita na história centenária do Tricolor. O treinador falou também sobre motivação para a temporada 2024.


- Em 2024, a motivação de quando começa o ano, se você caminhava pela rua, era o pentacampeonato. Depois conseguimos e queríamos chegar o mais longe possível na Sul-Americana. A motivação do próximo ano será superar esse. Sabendo que é difícil. Essa vai ser uma motivação importante. Porque se igualamos esse ano, já estamos em um projeto. Se você iguala enquanto a características, o jeito de jogar, de manter elenco, nunca tivemos grandes problemas. Os problemas que tivemos, solucionamos dentro do Pici. E a motivação é essa. Marcaremos os nossos objetivos, mas para isso temos que planejar primeiro o elenco, a estrutura, o que vamos encontrar estruturalmente quanto a logística, quanto a tudo - concluiu.


Em 10° na tabela de classificação, com 51 pontos, o Tricolor do Pici assegurou vaga na Sul-Americana de 2024. O último compromisso da temporada será nesta quarta-feira (6), fora de casa, contra o Santos, às 21h30.

2 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page