top of page

Verstappen lidera 2º treino do GP de Miami, com batida de Leclerc

Bicampeão da RBR ficou à frente de Sainz e o monegasco, que garantiu terceira colocação apesar do choque a nove minutos para o fim do treino; Mercedes, líder do TL1, apareceu pouco


GE

Max Verstappen guia RB19 no segundo treino livre do GP de Miami da F1 2023 — Foto: Rudy Carezzevoli / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP



Tudo se normalizou na F1? Max Verstappen mostrou para que veio após a dobradinha da Mercedes no primeiro treino do GP de Miami e anotou o melhor tempo da segunda sessão livre nesta sexta-feira. Fazendo 1m27s930 em sua melhor volta, o bicampeão da RBR dividiu o protagonismo na atividade com Carlos Sainz e Charles Leclerc, que bateu nos minutos finais mas garantiu o terceiro lugar.


A aparente evolução da pista foi confirmada nesta segunda sessão; os primeiros tempos registrados já eram até 2s mais velozes que as voltas do primeiro treino. Com os pneus médios pra jogo, foi Verstappen quem estabeleceu a marca a ser batida, revezando-se com Leclerc inicialmente.


Perto dos 30 minutos de atividade, Lando Norris, Oscar Piastri, Alexander Albon e Logan Sargeant inauguraram as voltas de pneus macios. A dupla da McLaren anotou uma dobradinha provisória puxada por Norris pouco antes de Fernando Alonso e, depois, Sainz, os separarem.


Entretanto, não demorou para Verstappen ressurgir: a primeira volta rápida do bicampeão nos macios lhe rendeu 1m28s255, valendo o primeiro lugar com quase meio segundo de vantagem sobre Norris - no mesmo tipo de pneu. O bicampeão ainda reduziu seu tempo, para 1m27s930.


Eclipsado por Leclerc no TL1 e no começo do TL2, Sainz se manteve à frente de Leclerc e ficou a apenas 0s060 da marca inicialmente estabelecida por Verstappen, que posteriormente, abriria uma vantagem maior.


Já nos minutos finais, a Ferrari pôs o espanhol para fazer simulações de corrida com os compostos enquanto o monegasco retornou à pista com pneus médios, bem como o holandês da RBR.


Leclerc, porém, passou reto e bateu no muro da curva 7 quando restavam nove minutos no cronômetro, e acionou a única bandeira vermelha do treino. A sessão foi retomada com 1m30, mas sem tempo para mudanças no resultado.

1 visualização0 comentário

תגובות


bottom of page