top of page

Vasco tem acordo com Chelsea por Andrey

Globo Esporte

O Vasco é hoje o destino mais provável de Andrey Santos pelos próximos meses, mas ainda há pendências a serem resolvidas. O volante de 18 anos do Chelsea tem pressa para resolver sua situação.

O Vasco,que vendeu Andrey em dezembro, entrou em acordo com o Chelsea e aceitou as condições do negócio após ser notificado pelo clube inglês sobre a intenção de emprestá-lo, algo que estava previsto em contrato. Além disso, após a desistência do Palmeiras, o Vasco ganhou a preferência do jogador e seu estafe. Andrey tem casa perto do CT Moacyr Barbosa e não perderia tempo para entrosar com os atletas que até pouco tempo eram seus companheiros de equipe.

No entanto, ainda há obstáculos. O que dificulta o avanço é uma questão relacionada à sua transferência para o Chelsea: o Vasco, que já recebeu o pagamento da primeira parcela da venda, ainda não repassou o valor de 30% referente à primeira prestação dos direitos econômicos que pertencem ao atleta. Outro repasse pendente é o da comissão para seus representantes. O staff de Andrey quer receber antes de acerta a volta do jogador ao clube. As partes ainda negociam, mas há otimismo por conta do Vasco em relação a um acerto em breve.

O diretor-esportivo Paulo Bracks e o CEO Luiz Mello trabalham para resolver a questão. Os empresários de Andrey, inclusive, estiveram no CT Moacyr Barbosa no início deste mês e se reuniram com Bracks para discutir o repasse pendente, mas mantêm o discurso de que, se não houver um acordo com relação ao pagamento, não tem negócio com o Vasco.

Enquanto isso, o Chelsea concordou em pagar o salário integral de Andrey durante a vigência do empréstimo, mas fez exigências, as principais aceitas pelo Vasco. O clube inglês exige a liberação para o Mundial sub-20, entre maio e junho, e o retorno para a Inglaterra no início de julho para a pré-temporada. A direção vascaína topou. O Palmeiras, por exemplo, não aceitou e saiu do negócio.

A partir da notificação do Chelsea ao Vasco, cuja preferência está estabelecida em contrato, a diretoria vascaína abriu a negociação para tentar repatriar o jovem talento ao menos por poucos meses. O técnico Maurício Barbieri falou nesta quinta-feira sobre a possibilidade de ter Andrey no elenco.

- Se dependesse de mim, ele sequer teria saído. O desejo de trabalhar com ele, pelo talento, pelo potencial dele é muito grande. Ainda está na questão da especulação, é uma possibilidade, se ela se concretizar, vai ser um prazer trabalhar com ele. A gente tem que conversar com ele, entender como a gente vai usar da melhor maneira, melhor função, por quanto tempo fica disponível. Na Seleção, ele tem muita liberdade para ir à frente, faz uma boa dupla com o Marlon, e a gente tem que ver como ele vai se encaixar - disse o comandante vascaíno após a vitória sobre o Trem-AP.

"Não consigo responder, porque ele ficou poucos dias comigo. Se ele vier, será bem-vindo, qualquer treinador gostaria da possiblidade de trabalhar com o Andrey, mesmo que não seja a temporada inteira", acrescentou.

Andrey, seus representantes e Vasco têm pressa para encerrar o assunto porque, quanto mais tempo a negociação levar, menos tempo ele terá para jogar no clube para o qual será emprestado. A expectativa é de que um ponto final seja colocado até a próxima segunda-feira.

Outros clubes, do Brasil e de fora do país, têm feito contato e monitoram a situação.

6 visualizações0 comentário
bottom of page