top of page

Vítor Pereira e Corinthians não chegam a acordo, e ação de R$ 7,5 milhões tem data de julgamento

Técnico português participou por vídeo de audiência com advogados do clube nesta segunda-feira



GE

Vítor Pereira comandou o Corinthians em 2022 — Foto: Marcos Ribolli



O técnico Vítor Pereira e advogados do Corinthians participaram de audiência na manhã desta segunda-feira, mas não chegaram a um acordo. Assim, a ação movida pelo treinador contra o ex-clube irá a julgamento em 22 de julho.


Atualmente no comando do Al-Shabab, da Arábia Saudita, Vítor Pereira cobra R$ 7,5 milhões do Corinthians pelo não recebimento de verbas referentes a FGTS, férias e 13º salário durante os quase nove meses em que esteve no clube, em 2022.


A audiência desta segunda foi feita de forma telepresencial, com o português participando por vídeo.


O português também moveu um processo na Fifa. A entidade determinou que o clube pague cerca de R$ 2,6 milhões ao técnico, mas o Timão recorreu à Corte Arbitral do Esporte.


Vítor Pereira deixou o Corinthians com 26 vitórias, 21 empates e 17 derrotas em 64 jogos, um aproveitamento de 51,6%. A equipe foi vice-campeã da Copa do Brasil no período e terminou o Campeonato Brasileiro em quarto lugar. Na sequência, o português fechou com o Flamengo.

20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page