top of page

Transporte clandestino: número de veículos irregulares apreendidos sobe 83% em Goiás

Alta vem ocorrendo desde 2023 quando 233 veículos foram retirados de circulação



Jornal Opção

Agente da ANTT durante fiscalização | Foto: divulgação/Governo Federal



O início da exposição agropecuária de Goiânia não irá movimentar apenas a economia, mas também as estradas. A previsão de mais veículos e maior intensidade no trânsito traz consigo uma preocupação: os veículos ilegais.


Goiás, inclusive, viu o número de ocorrências envolvendo veículos irregulares saltar de 127, em 2022, para 233 em 2023, apresentando um aumento de 83,4%. Neste ano, em quatro meses (entre janeiro e abril), o número de apreensões chegou a 64.


O dado levantado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) a pedido do Jornal Opção, evidencia um aumento de 236,8% se comparado ao mesmo período de 2022 (de quatro meses). Em relação ao ano passado, que registrou 63 ocorrências, a alta foi de 1,5%. 


“As irregularidades mais comuns estão relacionadas ao transporte não autorizado, destacando-se a falta de autorização, defeitos ou ausência de equipamentos obrigatórios e a falta de curso específico para o transporte de passageiros”, afirmou a autarquia federal em nota.


As fiscalizações, que ocorrem em conjunto com forças de segurança como a Polícia Rodoviária Federal (PRF), tem como alvo corredores logísticos do transporte rodoviário interestadual de passageiros em todo o país, conforme a ANTT. 


A fiscalização se concentra em aspectos relacionados aos veículos e empresas. Isso inclui o cumprimento das gratuidades, os padrões de segurança, higiene, conforto, pontualidade e condições dos veículos, além da regularidade dos serviços prestados.


“Para verificar se um veículo está autorizado a realizar o transporte interestadual de passageiros, a ANTT disponibiliza o aplicativo ANTT Cidadão, que permite a consulta aos registros de veículos de transporte de passageiros”.

10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page