top of page

Tiroteio de PMs com suspeitos de planejar assalto a pedágio deixa 7 mortos em Goiás

Na chácara foram apreendidas 11 armas de fogo, incluindo 4 armas longas, muita munição e explosivos que a polícia acredita que seriam usados para detonar o cofre do pedágio. Nenhum policial se feriu.


G1-Goiás

Itens apreendidos com suspeitos que planejavam ataque a pedágio em Novo Gama, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Militar


Uma ação da Polícia Militar (PM) contra suspeitos de planejarem assalto a uma praça de pedágio terminou em tiroteio, em Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. Segundo a Polícia Militar, sete pessoas, que seriam integrantes do grupo criminoso, morreram.


A ação aconteceu na noite de terça-feira (25). A investigação apontou que o grupo pretendia atacar e assaltar uma praça de pedágio em Cristalina.


Na chácara foram apreendidas 11 armas de fogo, incluindo 4 armas longas, muita munição e explosivos que a polícia acredita que seriam usados para detonar o cofre do pedágio. Além disso, a PM informou que foram apreendidos 4 veículos roubados, luvas, máscaras, entre outros itens que seriam usados no crime.


A operação reuniu policiais militares de Goiás e do Distrito Federal. O confronto ocorreu em uma chácara, na zona rural de Novo Gama, onde o grupo estava escondido.


Segundo a PM, não há informações de quantas pessoas integravam o grupo, que estava munido de um alto poder bélico. No local, segundo a corporação, o bando reagiu e iniciou um tiroteio. Sete criminosos morreram e o restante fugiu. Nenhum policial ficou ferido durante a ação.


Segundo a PM, ninguém foi preso até às 8h desta quarta-feira (26).


Policiais também realizaram buscas na mata na região e até um helicóptero da PM do DF foi utilizado.


Segundo os policiais, o grupo tinha integrantes de Goiás, Maranhão, Piauí e do DF.

59 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page