top of page

Suspeito de embebedar e estuprar estudantes após elas saírem da escola é preso

Charles da Silva Brito foi encontrado em Sinop, no Mato Grosso. Crimes aconteceram em um intervalo de 15 dias, em Anápolis.




G1-Goiás

Charles da Silva Brito preso suspeito de embebedar e estuprar estudantes após elas saírem da escola — Foto: Divulgação/Polícia Civil



Um homem de 32 anos foi preso na última sexta-feira (15) suspeito de estuprar duas adolescentes em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia. Segundo a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Anápolis, os crimes ocorreram em 2018, quando Charles da Silva Brito abordou as duas jovens, na época com 14 e 15 anos, na saída da escola.


Conforme explicou a delegada Aline Lopes, os crimes aconteceram em um intervalo de 15 dias. As investigações apontaram que o suspeito teria agido da mesma forma nos dois casos, convencendo as vítimas a entrarem em seu carro, embriagando e estuprando-as, em seguida.


Depois que os crimes foram denunciados à polícia, o suspeito fugiu. Ele foi localizado, após diligências, no município de Sinop, no Mato Grosso, onde foi cumprido o mandado de prisão preventiva. Polícia Civil de Goiás informou que o homem foi encaminhado para o presídio e deverá ser trazido para Anápolis nos próximos dias.


À disposição da Justiça, o suspeito poderá responder pelo crime de estupro de vulnerável, com pena que pode chegar a 15 anos de prisão por cada crime.


A Polícia Civil informou que a divulgação da imagem do investigado "foi procedida nos termos da Lei 13.869/2019, portaria normativa n° 02/2020/DGPC e portaria n° 547/2021/DGPC, tendo em vista o interesse público no sentido de identificar outras eventuais vítimas de crimes praticados por ele".

71 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page