top of page

Suspeito é preso por golpe que gerou prejuízo de mais de R$ 100 mil na compra e venda de veículos

Homem aproveitava que as pessoas não precisavam ir ao banco presencialmente para assinar financiamento de carros e engana quem pretendia adquirir os veículos, segundo a polícia



O Popular

Suspeito ao chegar na delegacia: prática das infrações penais se tornaram ainda mais rotineiras com os avanços tecnológicos decorrentes das inovações criadas para diminuir o contato entre as pessoas durante o período de pandemia, segundo a PC-GO



Um homem foi preso preventivamente suspeito de dar golpes de mais de R$ 100 mil em pessoas que o procuravam para comprar veículos em Crixas, município na região Norte de Goiás. O suspeito é investigado por estelionato pela polícia por, pelo menos, nove inquéritos, desde 2021.


A prisão aconteceu em Niquelândia, local onde ele estava morando, cidade a 212 quilômetros de onde os golpes aconteceram. A operação foi denominada de Engodo, que significa cilada ou manobra que engana alguém.


Segundo a Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO), ele teria a mesma maneira de agir em todos os casos, enganando quem o procurava na intenção de vender ou adquirir veículos.


A polícia informou que, após o início da pandemia do coronavírus, os golpes se intensificaram, pois ao não ser mais necessário a presença física das pessoas nas instituições bancárias para assinar contratos de financiamento, o suspeito se valia dessa facilidade para ludibriar as vítimas que pretendiam adquirir os carros.


No momento em que foi preso, o suspeito estava conduzindo um veículo VW/GOLF, que foi adquirido em nome de uma das vítimas.


Até a última informação da polícia, o suspeito estava preso na Unidade Prisional Regional de Niquelândia.

39 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page