top of page

Sucuri de 9 metros é amarrada por moradores após atacar cadela

Vídeo mostra pelo menos duas pessoas se esforçando para conter o bicho. Mototaxista disse que donos do pet tiveram trabalho para salvá-lo, mas conseguiram.


G1-Goiás

Cobra é amarrada por moradores após atacar cadela em distrito de Silvânia — Foto: Arquivo Pessoal/Bruno Borges



Uma sucuri foi amarrada por moradores após atacar uma cadela em Cruzeiro do Bom Jardim, distrito de Silvânia, na região central de Goiás. O mototaxista Bruno Borges filmou pelo menos duas pessoas se esforçando para conter o bicho, que, segundo ele, tinha 9 metros de comprimento.

“Eles ‘lutaram’ com a sucuri para salvar a cachorra, que só machucou o pescoço. É muito perigoso, ela pode enrolar e até quebrar a perna de alguém. Nunca vi uma daquele tamanho”, disse Bruno.


O resgate da cadela aconteceu na tarde da última quinta-feira (9) e, segundo os moradores, a Polícia Militar recomendou que eles amarrassem o animal de forma que não o machucasse, até que uma equipe especializada fosse ao local. Uma produtora rural contou que a cobra já atacou animais nas fazendas da região.

“Já acionamos o Ibama. Aqui, infelizmente já foram abatidos mais de 30 frangos, gansos e marrecos por essa sucuri, mas agora graças a Deus ela vai sem bem tratada no ambiente dela”, disse Natália da Costa à TV Anhanguera.


Espécie

O biólogo Edson Abrão explicou que se trata de uma “sucuri amarela”, uma das serpentes mais fortes do planeta. De acordo com o especialista, ela não tem veneno e mata sua presa por constrição, ou seja, usa a força muscular para imobilizar e matar presas por asfixia.

“Esse animal é muito forte, a força dele só perde para piton, aquela serpente africana e asiática”, explicou.

Edson disse ainda que a sucuri amarela é a única serpente que consegue se alimentar dentro da água, é muito ágil, gosta de rios, riachos e prefere lugares de água limpa.







33 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page