top of page

Soteldo é barrado no Chile, mas consegue liberação extraordinária de governo e reforça o Santos

Globo Esporte



O técnico Odair Hellmann quase teve um desfalque de última hora para o jogo contra o Audax Italiano, no Chile, nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília). O atacante Soteldo chegou a ser barrado na chegada ao país, mas conseguiu liberação extraordinária para atuar pelo Santos.

Por determinação do governo chileno, todo passageiro venezuelano precisa de visto para entrar no país desde 2019. O Peixe, porém, não providenciou o documento e ficou por horas tentando a liberação de um de seus principais jogadores.

Soteldo chegou a ter certeza que voltaria para o Brasil e desfalcaria o Santos. A delegação foi para o hotel, enquanto o atacante permaneceu no aeroporto para tentar resolver a situação. De última hora, conseguiu a liberação para jogar contra o Audax Italiano. O Peixe contou com a ajuda do Governo do Chile e da Federação Chilena de Futebol para a exceção.


Entenda, abaixo, a linha do tempo do "caso Soteldo" no Chile:


O Santos chegou ao país no início da noite desta segunda-feira;

No setor de imigração do aeroporto, Soteldo foi barrado, porque não possuía o visto que todo cidadão venezuelano precisa para entrar no país;

A delegação do Santos, então, foi para o hotel, enquanto o jogador permaneceu no aeroporto em busca de uma solução para entrar no Chile;

Horas depois, Soteldo foi informado que não poderia mesmo deixar o aeroporto para entrar definitivamente no país. O jogador, então, precisaria esperar o próximo voo para o Brasil, no início da manhã, para retornar;

Como a viagem seria só depois de horas, o Santos ganhou tempo para tentar, por todas as vias possíveis, a liberação do jogador;

Isso aconteceu já depois de meia noite (no horário de Brasília), e Soteldo foi para o hotel.

As exceções à regra de entrada de venezuelanos no Chile são para passageiros que apenas farão escala no país com passagem já para o destino final ou passaportes diplomáticos. Como o destino final de Soteldo era justamente o território chileno, o atacante do Santos foi barrado.

Com quatro pontos, o Peixe é o terceiro colocado no grupo E da Sul-Americana e precisa vencer o Audax Italiano para assumir a vice-liderança e entrar na zona de classificação. Esta é a quarta rodada da competição.

Apenas os dois primeiros colocados de cada grupo avançam para o mata-mata da Sul-Americana. Depois de enfrentar o Audax Italiano, o Santos ainda tem mais dois jogos.

Com Soteldo, o técnico Odair Hellmann deve escalar o Santos com: João Paulo; João Lucas (Nathan), Messias, Joaquim e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Camacho e Ed Carlos (Ivonei); Ângelo, Deivid Washington e Soteldo.

9 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page