top of page

Corpo de Zagallo é sepultado no Rio em cerimônia para familiares e amigos

Globo Esporte



O corpo de Mario Jorge Lobo Zagallo, que morreu na noite de sexta-feira, foi sepultado na tarde deste domingo, às 17h, no Cemitério São João Batista, em Botafogo. Aos 92 anos, o ex-jogador e técnico da Seleção teve uma despedida que iniciou pela manhã com o velório na sede da CBF, na Barra da Tijuca, aberto ao público até o sepultamento com uma série de homenagens.

A despedida no cemitério seria restrita a familiares e amigos próximos, mas acabou sendo liberada para algumas pessoas que estavam no local, e ocorreu após o velório de mais de cinco horas de duração na sede da CBF, na Barra da Tijuca. Zagallo foi muito aplaudido por todos no momento do sepultamento.

O velório no Museu da CBF foi um pedido dos familiares. O local contou com uma estátua de Zagallo.

Diversas personalidades do futebol passaram pelo local, como Cafu, Bebeto, Jorginho, entre outros ex-jogadores campeões do mundo em 1970 e 1994, além de dirigentes de alguns clubes. O ex-atacante, campeão do mundo com Zagallo em 1994, se emocionou e chorou.

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, também esteve presente e citou o legado de Zagallo. Às 14h, o local foi fechado para uma missa privada, com a participação apenas de familiares e amigos. O presidente Lula enviou uma coroa de flores.

Zagallo morreu na noite de sexta-feira, aos 92 anos, em um hospital do Rio de Janeiro. A causa da morte foi a falência múltipla dos órgãos.

Mário Jorge Lobo Zagallo é o maior vencedor de Copas do Mundo da história, com quatro títulos. Ele venceu duas vezes como jogador (1958 e 1962), uma como treinador (1970) e outra como coordenador técnico (1994).

19 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page