top of page

Senado aprova Dino para o STF

Ministro da Justiça foi indicado pelo presidente Lula ao cargo no Supremo Tribunal Federal. O nome dele foi aprovado em votação na CCJ do Senado e, depois, no plenário da Casa.




G1

Flávio Dino com equipe de secretários no Ministério da Justiça. — Foto: Divulgação



O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (13) a indicação do ministro da Justiça, Flávio Dino, para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). A votação foi secreta e o placar foi de:


  • Dino: 47 votos a favor e 31 contra.


Minutos depois da votação de Dino, os senadores aprovaram no plenário o nome do subprocurador Paulo Gonet, indicado à Procuradoria-Geral da República (PGR). O placar foi:


  • Gonet: 65 votos a favor e 11 contra.


Mais cedo, ele e o , foram aprovados em votação na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Essa votação também foi secreta e o placar foi:


  • Dino: 17 votos a favor e 10 contra.

  • Gonet: 23 votos a favor e 4 contra.


Dino recebeu o menor número de votos na CCJ desde a sabatina do ministro Gilmar Mendes, em 2002. Na ocasião, Mendes teve 16 votos a favor e 6 contra.


Ao longo da sabatina, os dois procuraram se esquivar de polêmicas e de embates com a oposição.


Agora, os nomes precisam ser publicados no Diário Oficial da União (DOU).


Depois da sessão no Senado, Dino deixou o local sem falar com a imprensa. Depois, se encontrou com seus secretários no Ministério da Justiça e posou para foto.

8 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page