top of page

Segundo prédio é evacuado após rua desmoronar em Goiânia

Segundo a Defesa Civil, neste primeiro momento foi feita a evacuação preventiva do prédio. Bombeiros informaram que não houve vítimas no local.




G1-Goiás

Parte de rua desaba em Goiânia — Foto: Reprodução/TV Anhanguera



Mais um prédio foi evacuado após uma rua desmoronar em Goiânia. Segundo a Defesa Civil, neste primeiro momento foi feita a evacuação preventiva. O moradores foram retirados horas depois de um outro prédio também ter sido interditado após o desabamento. O Corpo de Bombeiros informou que não houve vítimas no local.


Conforme a Defesa Civil, após análises mais criteriosas, eles podem decidir pela interdição formal ou não. A decisão de evacuar o segundo prédio foi em conjunto entre Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e empresa.


O órgão informou ainda que monitora até que a empresa responsável pela obra apresente o laudo de segurança das edificações. A Defesa Civil explicou que não existe um prazo estabelecido, que tudo deve ser feito dentro da maior segurança possível e analisado de forma bem criteriosa.


Segundo a empresa, todos os moradores deste segundo prédio precisaram ser retirados. Uma hospedagem em hotel foi oferecida, mas ficou a critério de cada um aceitar ou ir para a casa de parentes.


Desabamento


Parte da rua que desabou fica ao lado de uma obra. A Defesa Civil explicou que assim que foi constatada a possibilidade de risco, a via foi interditada pela Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM).


Segundo o Corpo de Bombeiros, moradores do primeiro prédio vizinho, que foi impactado pelo desabamento, foram retirados do local e também levados para um hotel.


"Foi feita a evacuação do prédio de forma preventiva e acionado os responsáveis pela obra, que se comprometeram a pagar hotel para os moradores até serem feitos os estudos técnicos e as intervenções necessárias para garantir a segurança de todos", explicou a Defesa Civil.

O desabamento aconteceu na Rua 1128, no Setor Marista. Ao g1, a Opus Incorporadora, responsável pela obra ao lado da via que desabou, informou que está investigando o incidente. Além disso, explicou que as equipes técnicas da empresa tentam determinar as causas e reparar todos os danos.


"A prioridade da empresa foi visitar todas as construções vizinhas, onde não foram identificados riscos para os moradores. No entanto, por precaução, providenciamos a retirada de algumas famílias, as quais foram acomodadas em hotéis".


Os moradores do prédio que foi evacuado contaram que ouviram um barulho alto durante a madrugada e que, ao olharem pela janela, viram que parte da rua havia desabado. Em seguida, acionaram os órgãos responsáveis. Eles ainda relataram que, desde o início da obra no local, diversas rachaduras apareceram na construção.


30 visualizações0 comentário
bottom of page