top of page

Santos contrata Patrick e se livra do transfer ban da Fifa

Operação de compra do meia junto ao Galo vai custar US$ 1 milhão; Patrick e outros reforços enfim poderão ser inscritos


R7



Quarta-feira de boas notícias para o torcedor santista. As novelas envolvendo a contratação de Patrick e o fim da punição do Peixe na Fifa terminaram com final feliz.


Santos, Atlético-MG e Patrick bateram o martelo no fim da manhã de quarta. A operação vai custar US$ 1 milhão ou R$ 5,25 milhões por 80% dos direitos econômicos - o pagamento começa apenas em 2025 e será feito em 12 parcelas. Haverá ainda um bônus de US$ 250 mil (R$ 1,3 milhão) ao Galo caso o Peixe se classifique para a Libertadores durante os três anos de contrato de Patrick.


O meia, de 31 anos, era um pedido antigo de Fábio Carille. A insistência do técnico convenceu o presidente Marcelo Teixeira a fazer o negócio, que garantirá economia importante na folha salarial dos atleticanos.


Quase que simultaneamente ao acordo com Patrick e Atlético, o Santos conseguiu enfim solucionar a dívida com o Krasnodar, que havia se transformado em punição na Fifa. Na terça-feira, o clube russo já havia concordado com a forma de pagamento - o Peixe vai pagar US$ 4,5mi ou R$ 23,5 milhões em quatro parcelas.


Agora, liberado do transfer ban, Marcelo Teixeira registrará os laterais Rodrigo Ferreira e Gonzalo Escobar, além de Patrick. Ainda existem negociações com os atacantes Maceió, da Portuguesa, e Breno Lopes, do Palmeiras.



2 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page