top of page

Santos anuncia saída de Falcão

Globo Esporte



Paulo Roberto Falcão não é mais coordenador de futebol do Santos. O profissional pediu para deixar o clube nesta sexta-feira, após a divulgação de uma denúncia de importunação sexual por parte de uma funcionária do condomínio residencial onde mora, no litoral paulista. Em nota, Falcão diz que sai por conta dos protestos pelos maus resultados e nega que tenha cometido a importunação sexual. Veja a nota:


Em respeito à torcida do Santos Futebol Clube, pelos recentes protestos diante do desempenho do time em campo, decidi deixar o cargo de coordenador esportivo nesta data. Meu sentimento, em primeiro lugar, é defender a imagem da instituição. Sobre a acusação feita nesta sexta-feira, que recebi com surpresa pela mídia, afirmo que não aconteceu.


A vítima registrou um boletim de ocorrência nesta sexta-feira, na Delegacia da Mulher de Santos. Segundo informações da Polícia Civil, os detalhes do ocorrido não foram revelados para preservar a mulher e constam no "termo de declarações" da funcionária. O caso é investigado, e um ofício foi expedido para que o condomínio disponibilize as imagens do circuito interno de segurança.


A saída


Após a divulgação do caso, Falcão conversou com o presidente Andres Rueda e, em comum acordo, optou pela saída. Ele estava no cargo desde novembro do ano passado.

Paulo Roberto Falcão era o elo entre a comissão técnica e a diretoria santista. O ex-dirigente também fazia parte das negociações por reforços, mas sem entrar diretamente na questão financeira, tendo como foco a avaliação técnica.

Devido a temporada irregular, com eliminações precoces na Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, além de uma má campanha no Campeonato Brasileiro, o dirigente vinha sendo alvo de críticas da torcida do Peixe, que chegou a estimular uma campanha pelas redes sociais pedindo a demissão do coordenador de futebol.

Em meados de julho, a pressão para a saída de Falcão aumentou depois que viralizou nas redes sociais uma foto dele assistindo à final do Torneio de Wibledom na sala de impressão do Morumbi, pouco antes do clássico contra o São Paulo - o Santos foi goleado por 4 a 1.

146 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page