top of page

Rogério Ceni é demitido do São Paulo

Treinador e ídolo do clube deixa o comando após um ano e seis meses e nenhum título conquistado


Globo Esporte

Rogério Ceni deixa o São Paulo — Foto: Marcello Zambrana/AGIF


Rogério Ceni não é mais técnico do São Paulo. O treinador e ídolo do clube foi demitido nesta quarta-feira, mesmo após o time vencer o Puerto Cabello, da Venezuela, pela Sul-Americana. Dorival Júnior surge como o mais cotado para a função.


Além do treinador, o clube também demitiu os auxiliares Charles Hembert, Leandro Macagnan, Nelson Simões e o preparador físico Danilo Augusto.


O auxiliar Milton Cruz comandará o treinamento marcado para a tarde desta quarta.


O nome de Dorival Júnior é o mais forte neste momento para ocupar o cargo. A diretoria do Tricolor não vê muitas alternativas no mercado. O treinador dirigiu o Tricolor entre 2017 e 2018.


A queda de Ceni

O desempenho ruim da equipe nos últimos jogos pesou pela saída. A direção do clube esperava uma melhora no nível da equipe após o período de treinos que se seguiu à eliminação precoce nas quartas de final do Paulista, para o Água Santa.


Contratado em outubro de 2021 depois da demissão de Hernán Crespo, Rogério Ceni conseguiu o vice-campeonato da Copa Sul-Americana e do Paulistão de 2022. Ele se despede sem nenhum título conquistado.


O técnico viveu altos e baixos, sendo o principal auge a final da Copa Sul-Americana do ano passado. Além da queda no Paulistão, em 2023 o São Paulo teve um desempenho ruim no empate sem gols contra o Ituano, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, e começou o Brasileirão com tropeço para o Botafogo.

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page