top of page

Rio Verde: secretaria diz que escola em que aluna foi picada não tem foco de escorpiões

Adolescente sentiu a picada quando estava no corredor da unidade de ensino


Mais Goiás



A Secretaria de Estado da Educação afirmou que não há registros de foco de escorpiões ou outros animais nocivos no terreno do colégio onde uma aluna foi picada. O incidente ocorreu na manhã desta terça-feira (26), em uma unidade de Rio Verde, na região Sudoeste de Goiás.


Apesar de não ter registro de foco de animais nocivos, a pasta diz que a Vigilância Sanitária fará uma vistoria para assegurar, ainda mais, o bem-estar da comunidade escolar. A adolescente sentiu a picada quando estava no corredor da unidade de ensino.


De acordo com a direção, a aluna foi socorrida por amigos e um professor acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A menina foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Rio Verde. A adolescente tomou soro e foi liberada em seguida.


Leia a nota da Secretaria de Estado de Educação:

  • A estudante está bem, em casa, já tendo recebido o atendimento médico;

  • De acordo com a coordenação regional de Educação (CRE) de Rio Verde, assim que informados de que a estudante teria sido picada por escorpião durante a aula, a equipe gestora acionou os pais, o atendimento médico e a Vigilância Sanitária para as providências;

  • Ainda conforme a CRE de Rio Verde, a escola é bem cuidada, limpa e não há registro de foco de escorpiões e ou outros animais nocivos no terreno do colégio. A Vigilância Sanitária fará uma vistoria para assegurar, ainda mais, o bem-estar da comunidade escolar.

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page