top of page

Rio Paraguai e Pantanal podem ter a pior seca da história no Mato Grosso do Sul

Pesquisador que há anos acompanha rios do Mato Grosso do Sul, diz que o cenário é preocupante.




Mais Goiás

Rio Paraguai (Foto: Agência Brasil)



Em razão das mudanças climáticas e do aquecimento global, o rio Paraguai, no Mato Grosso do Sul, caminha para ter o pior nível histórico de seca em 2024.


A medição feita nessa semana no município de Ladário marcou 7 centímetros, sendo que os órgãos ambientais do Estado já consideram 35 cm como estiagem. O Paraguai é um dos principais rios da bacia do Pantanal.


O pesquisador Carlos Padovani, que trabalha na Embrapa Pantanal e há anos acompanha o comportamento dos rios do Mato Grosso do Sul, diz que o cenário é preocupante.


“Tem chovido, mas a chuva não tem influenciado no nível dos rios porque é necessária muita chuva para infiltrar no solo e encher nos rios. As chuvas estão irregulares e está fazendo muito calor, o que também contribui para que a chuva seja insuficiente”, explica Padovani.


O pesquisador lembra que logo mais, nas próximas semanas, encerra-se o período chuvoso e começa a estiagem propriamente dita, só que os rios não encheram o suficiente para atravessar esse período com alguma tranquilidade.

29 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page