top of page

Reunião mantém impasse por renovação entre Flamengo e Bruno Henrique, alvo do Palmeiras

Globo Esporte



A reunião inicialmente marcada para o último sábado em São Paulo só aconteceu três dias depois no Rio de Janeiro, mas manteve o impasse sobre a renovação de Bruno Henrique com o Flamengo. O empresário do atacante, Denis Ricardo, esteve na cidade e se reuniu com o vice-presidente de futebol rubro-negro, Marcos Braz, e o diretor executivo, Bruno Spindel. O clube enfrenta forte concorrência pelo jogador de 32 anos no mercado, e o Palmeiras é considerado o principal adversário nos bastidores.

O encontro não mudou em nada o panorama da negociação, que ainda não tem acordo financeiro e tampouco sobre o tempo de um possível novo contrato. Por outro lado, a conversa foi considerada positiva no Flamengo como uma forma de reaproximação entre as partes. Apesar do impasse, o clube segue confiante num final feliz e não se assusta com o assédio palmeirense.

A primeira oferta rubro-negra não agradou Bruno Henrique, que completa 33 anos em dezembro, mês que termina seu contrato. O clube acenou com mais um ano de vínculo, mas o atacante entende que pela idade e marca que alcançou merece mais e pediu três. Financeiramente, seu staff acredita que se o Rubro-Negro for ao mercado para repor gastaria a mesma coisa ou até mais.

Em janeiro, Bruno Henrique e seu empresário propuseram ao Flamengo iniciar as conversas, o que não aconteceu. O jogador e seu representante também se sentiram desprestigiados pelo fato do clube não ter os procurado antes de julho, quando ficou livre para assinar pré-contrato com outra equipe. Por isso, a visão de seu staff não é de uma renovação, e sim de uma nova contratação.

Como o atleta voltou a jogar em junho após sofrer grave lesão multiligamentar no joelho direito, o clube resolveu esperar para abrir conversas. Bruno retornou aos campos muito bem, tornou-se o melhor jogador do Flamengo no segundo semestre, e outros grandes clubes brasileiros se aproximaram dele nos bastidores. Isso valorizou o atacante no mercado e abriu uma disputa financeira.

Ao todo, Bruno Henrique soma 214 jogos, 86 gols e 11 títulos com a camisa rubro-negra: conquistou duas Libertadores, dois Campeonatos Brasileiros, três Cariocas, duas Supercopa do Brasil, uma Copa do Brasil e uma Recopa Sul-Americana. O atacante virou um dos ídolos da "geração 2019".

15 visualizações0 comentário
bottom of page