top of page

Rafinha, do São Paulo, revela procura do Bayern para despedida

Globo Esporte


Com oferta para renovar com o São Paulo, o lateral-direito Rafinha afirmou nesta terça-feira que o seu último jogo como atleta profissional será vestindo a camisa do Bayern de Munique, da Alemanha.

Antes do evento de celebração da conquista da Copa do Brasil, o jogador conversou com a imprensa e mais uma vez falou sobre os planos para a sua aposentadoria dos gramados. Sem dar detalhes, ele revelou procura do clube alemão.

– O Rummenigge e toda diretoria do Bayern abriram as portas para eu encerrar minha carreira lá. Para mim foi um prêmio gigantesco ouvir isso do Bayern de Munique. Fico feliz, claro que seja um jogo, mas é uma possibilidade e quero fazer dessa forma porque minha carreira toda foi feita na Alemanha.

– Acho que para coroar minha carreira, jogar mais um jogo pelo Bayern de Munique não seria nada mal. É um desejo que eu também tenho. Meu último jogo será lá, isso eu posso afirmar – completou.

Rafinha também afirmou que jogará mais seis meses ou um ano, e que o São Paulo é sua prioridade. Mais cedo, o presidente Julio Casares reforçou o desejo do clube de manter o atleta no plantel para a próxima temporada.

– Eu quero me aposentar no ano que vem, não sei se vou parar no meio do ano ou no final do ano. Fico feliz, também quero ficar aqui. Todo mundo sabe o carinho que eu tenho pelo São Paulo. Não é porque conquistou agora que eu quero ficar. Ano passado perdemos todos os campeonatos que disputamos e eu também fiquei. Todo mundo sabe o sentimento que eu tenho pelo São Paulo. Fico feliz de ter conquistado esse ano. Acho que vai dar tudo certo. A nossa questão é fácil, eu quero ficar e o clube também quer. Temos muitos jogos pelo Brasileiro, vai ter tempo para conversar – disse Rafinha.

A diretoria são-paulina vai apresentar ao jogador uma proposta de renovação por mais um ano, com a possibilidade de encerramento do vínculo após seis meses caso o atleta manifeste o interesse.

Capitão, Rafinha afirma que as dores no corpo e a distância de sua família é uma das causas de sua despedida do futebol, que deve acontecer quando ele tiver 39 anos.

3 visualizações0 comentário
bottom of page