top of page

Quatro cidades de Goiás estão entre as 100 maiores economias do País

São elas: Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia e Rio Verde


Mais Goiás

Quatro cidades de Goiás estão entre as 100 maiores economias do País (Foto: Jucimar de Sousa - Mais Goiás)



Quatro cidades de Goiás figuram entre as 100 maiores economias do País. A informação é de boletim divulgado pelo Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos

Socioeconômicos (IMB), vinculado à Secretaria-Geral de Governo, na quarta (27). Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) relativos a 2021.


Segundo o relatório, Goiânia é a 15ª economia do Brasil, com Produto Interno Bruto (PIB) superior a R$ 59 bilhões. Ainda no “top 100”, constam: Anápolis (75ª colocação); Aparecida de Goiânia (80ª) e Rio Verde (82ª).


“O boletim desenvolvido pelo IMB fornece uma visão detalhada do panorama econômico local. As informações contidas no documento podem servir para orientar investimentos, formular políticas públicas, bem como contribuir para gestões mais eficientes e participativas, que busquem o progresso econômico em todas as regiões do Estado”, destaca o diretor-executivo do IMB, Erik Figueiredo.


Três cidades de Goiás estão entre as 15 mais ricas do agro nacional


É preciso citar, Goiás também aparece com três municípios entre os 15 mais ricos do agronegócio no Brasil, segundo relação divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Pesquisa. São eles: Rio Verde, Jataí e Cristalina.


De acordo com o levantamento, as cidades ocupam, respectivamente, a quarta, oitava e 11ª colocação entre as mais ricas no segmento. A análise foi feita a partir da pesquisa anual do IBGE da Produção Agrícola Municipal (PAM) e englobou dados da produção agrícola municipal, referentes a 2022. As variáveis consideradas foram área colhida, produção, valor da produção das lavouras e rendimento.


Rio Verde, por exemplo, registrou R$ 7,9 bilhões em valor de produção das lavouras permanentes e temporárias. Jataí, R$ 6,2 bi; enquanto Cristalina, R$ 5,4 bi. O montante no País foi superior a R$ 830 bilhões no ano passado.


141 visualizações0 comentário
bottom of page