top of page

Quase 140 mil pessoas que estão tirando CNH podem perder processo até o fim de 2024

Mais Goiás


(Foto: Agência Brasil)


O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) emitiu um alerta nesta terça-feira (9), para o prazo final de conclusão dos processos de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) abertos durante a pandemia, que se encerra em dezembro deste ano. Atualmente, mais de 136 mil processos seguem inconclusos.


Candidatos e Centros de Formação de Condutores (CFCs) devem agilizar as etapas restantes, como exames psicológicos e médicos, cursos teóricos e práticos, e provas, para evitar a perda do prazo e a necessidade de reiniciar o processo, com novos custos.


O presidente do Detran-GO, Delegado Waldir, ressalta a importância de não deixar para a última hora, a fim de evitar sobrecarga nos CFCs e no próprio Detran. A não conclusão do processo até 31 de dezembro de 2024 implicará na perda de todas as taxas pagas, que podem chegar a R$ 2,8 mil para a categoria AB (carro e moto).


A validade dos processos de habilitação é de 12 meses, mas devido à pandemia, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) prorrogou o prazo até o final deste ano. No entanto, não há previsão de nova prorrogação. Para atender à demanda, o Detran-GO está ampliando o quadro de examinadores, credenciando servidores públicos e particulares com a formação necessária.

36 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page