top of page

Professor é preso após ser filmado agarrando à força aluna de 15 anos em colégio de Anápolis, diz PM

Professor foi demitido após a prisão


O Popular

Professor e aluna em sala usada para guardar objetos (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)


Um professor de educação física de 44 anos foi preso suspeito de agarrar e tentar beijar à força uma aluna, de 15 anos, dentro do Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás (CEPMG) Gabriel Issa, em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia. Segundo a Polícia Militar (PM), a prisão ocorreu na quinta-feira (2).


Como o nome do suspeito não foi divulgado.


Em entrevista à produtora Dayane Viana, da TV Anhanguera, o tenente-coronel Edmar Araújo, comandante e diretor do da unidade de ensino, explicou que a aluna do 1º ano do ensino médio relatou o crime durante uma conversa com a psicóloga da escola. O abuso foi gravado por câmeras de segurança, de acordo com ele.


“Ela procurou a nossa psicóloga chorando, dizendo que o professor de futsal tentou agarrá-la. De imediato, a gente chamou os pais da adolescente e realizamos a prisão do professor. Ele foi autuado pelo crime de importunação sexual”, explicou.


Edmar afirmou que o suspeito dava aulas na escola há cerca de um ano e que ele era contratado pela Associação dos Pais, Mestres e Funcionários. Em nota, o Comando de Ensino da Polícia Militar (CEPM), que administra a associação, afirmou que o professor foi demitido após ser preso.


“Foi a primeira conduta dele. Estamos aguardando a decisão da Justiça e acompanhando essa aluna. O crime ocorreu dentro da sala de coordenação de esporte, onde os professores guardam bolas e outros objetos”, afirmou.


Em nota, a Polícia Civil (PC) disse que o caso é investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Anápolis.

58 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page