top of page

Professor é espancado por aluno dentro de sala de aula

Segundo a polícia, as agressões começaram depois que o professor pediu para o estudante parar de conversar durante a aula. Vídeo mostra que o garoto deu socos e chutes no profissional.


G1-Goiás

Estudante dá socos e chutes em professor dentro de sala de aula, em Goianira, Goiás — Foto: Reprodução/Redes Sociais



Um estudante do Colégio Estadual São Geraldo espancou um professor dentro de sala de aula, em Goianira, na Região Metropolitana de Goiânia. O momento das agressões foi registrado em um vídeo.


O caso aconteceu na noite de quinta-feira (9). Segundo a Polícia Militar, o estudante estava conversando muito durante a aula e o professor pediu que ele parasse. Como o jovem não obedeceu, o professor chamou a coordenadora para resolver o problema. Foi quando as agressões começaram.


O vídeo mostra o estudante em pé, se aproximando do professor, que usa uma camiseta preta. O jovem dá uma sequência de socos e chutes no profissional. Mesmo caído no chão, o professor segue sendo agredido.


Um estudante se levanta e tenta parar o colega de sala. Ao mesmo tempo, a coordenadora e um outro homem surgem dentro da sala para conter a confusão. Os outros estudantes permaneceram sentados.


Em nota, a Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc/GO) confirmou que o estudante agrediu verbal e fisicamente o professor e também outro servidor do colégio, que tentou conter as agressões.


Disse também que a escola acionou o pai do estudante e as autoridades policiais, além de encaminhar o professor ferido ao atendimento médico.


Íntegra nota Seduc

Em atenção à solicitação de informações sobre ocorrência de agressão no Colégio Estadual São Geraldo, em Goianira, a Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc/GO) informa:


- Conforme relato da coordenação do Colégio Estadual São Geraldo, um estudante da unidade, em sala de aula, agrediu verbal e fisicamente o professor e também outro servidor do colégio;


- A escola acionou o pai do estudante e as autoridades policiais, além de encaminhar o professor ferido ao atendimento médico;


- A ocorrência foi contornada de acordo com o Protocolo de Segurança Escolar, adotado desde 2019 na rede pública estadual de ensino, que orienta os gestores e servidores no enfrentamento de situações de conflitos nas unidades escolares. Eventuais decisões administrativas e ou judiciais têm seguimento a partir do trabalho da polícia com o acompanhamento do conselho tutelar.

31 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page