top of page

ProBem: confira dúvidas mais frequentes sobre o Programa Universitário do Bem

Neste semestre, cinco mil novas bolsas serão disponibilizadas para estudantes universitários em situação de vulnerabilidade social inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)



Seduc



O Programa Universitário do Bem (ProBem) do Governo de Goiás representa oportunidade de acesso ao ensino superior a milhares de jovens em situação de vulnerabilidade social. Para este semestre, são oferecidas cinco mil novas bolsas parciais ou integrais.


A seleção dos beneficiários avalia dados do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e possibilita a concessão de bolsas de estudos de 50% a 100% do valor da mensalidade.


Atualmente, já são mais de 12,7 mil bolsistas ativos em todas as regiões do estado. As inscrições para participar da seleção já estão abertas e podem ser feitas até o dia 29 de janeiro. O ProBem contribui para a promoção da justiça social, o desenvolvimento econômico do Estado e a integração dos universitários e recém-formados ao mundo do trabalho, por meio de estágios e ações sociais do Banco de Oportunidades.


Confira abaixo algumas perguntas e respostas sobre o programa:


Quem pode se inscrever no ProBem?


Podem se inscrever no ProBem estudantes em vulnerabilidade social residentes em Goiás, inscritos e com cadastro atualizado no CadÚnico do Governo Federal, que estejam cursando ou desejam cursar a primeira graduação.


E os estudantes que não são inscritos no CadÚnico?


Caso a família não esteja cadastrada no CadÚnico, basta que um membro do grupo familiar vá até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) ou ao Núcleo de Assistência Social (NAS) do munícipio onde reside para se inscrever. Porém, o estudante não poderá participar do processo seletivo em vigência, terá que aguardar pelo próximo.


Como é feita a inscrição e quais os prazos?


Os estudantes devem acessar o site da OVG (ovg.org.br) e conferir o edital do processo seletivo. É preciso ter em mãos documentos pessoais, como RG, CPF, número do NIS, comprovante de endereço atualizado e foto para upload. As inscrições podem ser feitas até o dia 29 de janeiro.


Quando sairá o resultado de quem foi contemplado?


O resultado final do ProBem será divulgado no dia 15 de fevereiro de 2023. Os estudantes poderão acessar o resultado no site da OVG por meio do login e senha que usaram para realizar a inscrição.


Quantas bolsas serão oferecidas neste processo seletivo e quais os valores?


O ProBem concederá cinco mil novas bolsas de estudo, sendo 1.500 integrais e 3.500 parciais, que corresponderão a 100% e 50% do valor das mensalidades, respectivamente. Para a maioria dos cursos, as bolsas parciais terão o limite de R$ 650 e as integrais de até R$ 1.500. Para os cursos de Medicina e Odontologia, os valores alcançarão até R$ 2.900 (bolsa parcial) e até R$ 5.800 (integral).


Como são divididas as bolsas parciais e integrais entre os estudantes inscritos?


O ProBem leva em consideração o grau de vulnerabilidade social dos estudantes na hora de conceder as bolsas, de acordo com o Índice Multidimensional de Carência das Famílias Ampliado (IMCF-A), desenvolvido pelo Instituto Mauro Borges (IMB). Assim, a lista de aprovados começa pelas bolsas integrais, que neste semestre são destinadas aos 1.500 inscritos considerados mais vulneráveis. Em seguida, serão distribuídas as 3.500 bolsas parciais seguindo o mesmo critério, totalizando cinco mil beneficiários.


Quando os universitários contemplados começam a receber as bolsas?


Os estudantes contemplados neste processo seletivo vão receber o benefício já neste semestre 2023/1, inclusive no valor da matrícula. Com o ProBem, é possível receber o benefício desde o primeiro período do curso, basta apresentar um comprovante de reserva de vaga ou de matrícula. Esse é um diferencial importante para os estudantes que, em muitos casos, não teriam como arcar com as mensalidades até que a bolsa fosse concedida.


Mais de uma pessoa da mesma família pode pleitear uma bolsa de estudo do ProBem?


Sim. O ProBem é destinado à primeira formação superior de uma pessoa e nada impede que dois membros de uma mesma família sejam contemplados com a bolsa de estudos.


O que é o Banco de Oportunidades do ProBem?


O Banco de Oportunidades traz opções de capacitação, estágios e atuação em projetos sociais que vão contribuir para a formação dos bolsistas e, consequentemente, abrir portas para o mercado de trabalho. A OVG conta com o apoio de parceiros para possibilitar o acesso e a integração ao mundo do trabalho a partir de experiência profissional e da participação em cursos de aperfeiçoamento e ações sociais.


Foto: Aline Cabral


Legenda: Programa Universitário do Bem está com inscrições abertas para oferta de cinco mil novas bolsas de estudo; iniciativa já contempla 12,7 mil estudantes em todo o estado.


Organização das Voluntárias de Goiás - Governo de Goiás

15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page