top of page

Previsões meteorológicas sinalizam verão intenso com chuvas e ventos fortes em Goiás

Fenômeno El Niño e influências climáticas regionais apontam para uma estação atípica no estado goiano e em todo o Brasil




Olha Goiás



O verão em Goiás promete ser marcado por condições meteorológicas desafiadoras, conforme anunciado pelo Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás. Chuvas volumosas e rajadas de ventos fortes são esperadas, acompanhadas de temperaturas acima da média. A estação, que teve início nesta sexta-feira (22), deve estender-se até 20 de março.


As precipitações em Goiás durante o verão estão associadas à passagem de sistemas frontais e à formação da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). Contudo, é válido destacar a possibilidade de veranicos, períodos de estiagem sem a ocorrência de chuvas.


O fenômeno El Niño, ativo no Oceano Pacífico, exercerá impacto significativo no clima de Goiás durante o verão de 2023/2024, afetando também todas as regiões do Brasil. A previsão aponta para irregularidades na distribuição das chuvas no estado, com períodos de seca intercalados com chuvas intensas.


No Brasil


A estação mais quente do ano teve início à 0h27 desta sexta-feira, 22, no horário de Brasília. O El Niño, que influenciou o clima durante toda a primavera, antecipa um verão com intensa chuva no Sul e escassa no Norte do país. Em São Paulo, o início da estação será marcado por calor e chuva, de acordo com a empresa de meteorologia Climatempo.


Estimativas da Climatempo indicam também a perspectiva de pouca chuva no norte do Nordeste. O El Niño deverá alterar a distribuição da chuva no Sudeste e no Centro-Oeste.


Um relatório da Organização Mundial de Meteorologia (OMM) sugere que o fenômeno será mais forte nesta temporada, persistindo até abril, atingindo o pico neste fim de ano. O El Niño, um dos principais responsáveis pelos eventos extremos em 2023, incluindo a estiagem na Amazônia, os temporais no Sul e os dias quentes em São Paulo, continua a moldar as condições climáticas em todo o país.


Com informações de A Redação *

30 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page