top of page

Presidente do Atlético-MG defende Vargas, brinca sobre Coudet e manda recado para a torcida

Globo Esporte


Nessa quarta-feira, o Atlético venceu o Alianza Lima por 2 a 0, na Arena Independência. Após a partida, o presidente atleticano, Sérgio Coelho comemorou a vitória a atuação da equipe, deu um recado para a torcida sobre cobrança e brincou sobre a ausência de Coudet na beira do campo.

- No futebol, em alguns momentos, é preciso dar tempo. Às vezes, é preciso ter um pouco de calma. Eu fui torcedor de arquibancada, de geral, eu sei como é. Não podemos, quando perde uma partida, pedir para trocar jogador, é difícil ser presidente de futebol dessa forma. Meu medo é eles falarem que o time jogou tão bem porque o Coudet não estava no banco - disse, em tom de brincadeira, em entrevista à rádio Itatiaia.

Sérgio Coelho falou ainda sobre a atuação de Eduardo Vargas, que vem sendo criticado pela torcida, por perder boas chances. O presidente do Atlético saiu em defesa do atleta.

- O próprio Gilberto, do Cruzeiro, errou quantos gols? É um grande artilheiro. O último jogo que o Vargas foi criticado, as estatísticas dele foram excelentes, até por isso o Coudet colocou ele hoje. Grande jogador, de seleção, erra uns gols, temos que dar apoio e não criticar. Às vezes, o carinho dá um resultado muito melhor.

Com a vitória, o Atlético respira na Libertadores e ainda tem esperanças de classificação. O presidente se disse aliviado com o resultado e enxerga uma boa evolução na equipe.

- Estou feliz e aliviado porque a pressão do futebol é muito grande. Se não vem o resultado não adianta jogar bem, mas fizemos uma partida muito boa, o time vem crescendo a cada jogo. Hoje marcamos dois gols e perdemos 11. Temos que melhorar a pontaria, temos muito a jogar, disputar pela frente.

A próxima partida do Atlético na Libertadores será contra o Athletico-PR, no dia 23 de maio, em Belo Horizonte.

5 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page