top of page

Prefeitura de Goiânia irá instalar armadilhas para mosquito Aedes aegypti


Em 2022, Goiânia teve 53 mil registros de casos de dengue e 44 mortes. A cidade ficou atrás apenas de Brasília, que registrou 67 mil casos da doença


Mais Goiás

Mosquito Aedes aegypti (Foto: Reprodução)


A Prefeitura de Goiânia irá instalar armadilhas para o combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite doenças como Dengue e Chikungunya. No total, serão 3 mil equipamentos que serão instalados em pontos estratégicos da capital, como nas regiões de maior risco de contaminação. A medida pretende evitar que o número de doentes e mortes por Dengue em Goiânia aumente em 2023.


O equipamento atua em um raio de 400 metros atraindo e capturando as fêmeas que transmitem as doenças. Dentro da armadilha, existe um inseticida que elimina os ovos e contém um veneno que fica na pata do mosquito fazendo com que outros criadouros visitados não consigam procriar.


Em entrevista à rádio CBN, o superintendente de Vigilância em Saúde de Goiânia, Yves Mauro Ternes, explicou que a efetividade desta ação é de 70 a 80% do controle vetorial onde as armadilhas são instaladas. Segundo a Secretaria de Saúde, equipes estão passando por treinamento, para a instalação dos equipamentos.


Em 2022, Goiânia teve 53 mil registros de casos de dengue e 44 mortes. A cidade ficou atrás apenas de Brasília, que registrou 67 mil casos da doença.

10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page