top of page

Policial militar morre após levar choque em sítio, em Porangatu

Mais Goiás



O tenente José Rodrigues da Mota, da Polícia Militar de Goiás (PMGO), morreu após levar um choque elétrico em um sítio localizado em Porangatu, município a 346 quilômetros de Goiânia. Mota, que tinha 60 anos, foi encontrado em uma represa segurando um fio de energia. O caso aconteceu na última segunda-feira (1º).


Segundo o Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO), quando os militares chegaram ao local, o fio ainda estava energizado. Eles solicitaram que um funcionário do sítio desligasse a energia. Assim, a equipe entrou na água e retirou o policial.


A corporação informou que os militares tentaram realizar a reanimação cardiopulmonar. Além disso, uma médica e enfermeiros que chegaram à propriedade em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) prestaram os primeiros socorros, administraram medicamentos e intubaram a vítima. José Rodrigues morreu no local.


O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e realizou o trabalho de perícia e remoção do corpo. O tenente trabalhava na PM há cerca de sete anos. Atualmente, ele integrava o grupo pedagógico do Colégio da Polícia Militar de Porangatu.

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page