top of page

Polícia Técnico-Científica abre inscrições para concurso com mais de 140 vagas

Oportunidades são para perito criminal e auxiliar de autópsia. Inscrições vão até 9 de abril; veja como participar.



G1-Goiás

Concurso da Polícia Técnico-Científica: governo de Goiás lança edital para 141 vagas e salários de até R$ 12,2 mil — Foto: Divulgação/SPTC



A Polícia Técnico-Científica abriu, nesta sexta-feira (3), inscrições para o concurso com salários de até de R$ 12,2 mil. Os interessados podem se inscrever até o dia 9 de abril pelo site do Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES), responsável pela aplicação das provas.


Ao todo, o concurso oferece 141 vagas, sendo 52 vagas para o cargo de Perito Criminal de 3ª Classe, que tem salário inicial de R$ R$12.247,85. As outras 89 vagas são para Auxiliar de Autópsia de 3ª Classe da SPTC, com remuneração de R$ 6.353,13.


O valor da inscrição é de R$ 130 para os cargos de Perito Criminal de 3ª Classe e de R$ 100 para as vagas de Auxiliar de Autópsia de 3ª Classe. Candidatos com renda familiar menor do que dois salários mínimos, doadores de sangue, medula ou leite, podem solicitar isenção da taxa.


Conforme o governo, 5% das oportunidades são para candidatos com deficiência.


Veja detalhes das vagas:

  • Perito Criminal - Ciências Contábeis: 3 vagas

  • Perito Criminal – Psicologia: 2 vagas

  • Perito Criminal - Arquitetura e Urbanismo: 1 vaga

  • Perito Criminal – Estatística: 1 vaga

  • Perito Criminal - Medicina Veterinária: 2 vagas

  • Perito Criminal – Geologia: 1 vaga

  • Perito Criminal - Ciência da Computação-Informática: 5 vagas

  • Perito Criminal - Demais Formações: 37 vagas

  • Auxiliar de Autópsia: 89 vagas


De acordo com o edital, a jornada de trabalho para os dois cargos é de 40 horas semanais.


Provas

As provas para as vagas de Perito Criminal de 3ª Classe serão realizadas no dia 7 de maio deste ano e para o cargo de Auxiliar de Autópsia de 3ª Classe, em 21 de maio.


O concurso terá provas objetiva e discursiva, além de teste de aptidão física, avaliação médica, exame psicotécnico e avaliação de vida pregressa e investigação social. Os candidatos com deficiência também vão passar por avaliação por equipe multiprofissional.


Já os candidatos a cargos de perito criminal deverão passar ainda pela prova de títulos.


Segundo o edital, as provas serão aplicadas nas seguintes cidades: Anápolis, Cidade Ocidental, Formosa, Goiânia e Valparaíso de Goiás.




48 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page