top of page

Polícia prende dono de supermercado por importunação sexual de funcionárias, em Anápolis

Vítimas teriam se sentido encorajadas depois de uma delas puxou a fila e denunciou o chefe à polícia


Mais Goiás

Dono de supermercado sob investigação (Foto: Polícia Civil)



O empresário Elias Sardinha foi preso pela Polícia Civil em Anápolis, nesta sexta-feira (30), sob suspeita de importunação sexual contra funcionárias do supermercado do qual ele é dono. As denúncias são de que ele utilizava a sua posição de chefe para assediar as vítimas.


A investigação preliminar sugere que Elias tinha o costume de abordar as funcionárias com conversas de teor sexual. Depois, convidá-las para jantar e passava as mãos nos seios e nas nádegas delas sem autorização.


Embora estivessem incomodadas com a situação as vítimas levaram um tempo para denunciar o chefe porque medo de perder o emprego. Elas teriam sido encorajadas por uma delas, que puxou a fila e fez a primeira denúncia.


A Polícia Civil divulgou a foto e a identidade do suspeito com o intuito de identificar outras mulheres que possivelmente sofreram importunação sexual por parte do empresário.


A autorização se deu nos termos da lei 13.869/2019 e da portaria 547/2021 da PC.


O espaço está aberto para manifestação da defesa do investigado.


75 visualizações0 comentário
bottom of page