top of page

Polícia Federal investiga rede de exploração sexual em Jataí

PF atua para combater crimes de rufianismo e casa de prostituição na região



Olha Goiás



A Polícia Federal realizou a Operação “Área de Segurança” em Jataí, intensificando esforços contra a exploração sexual na localidade. Com base em investigações relacionadas a disparos de arma de fogo próximos à Delegacia de Polícia Federal, os agentes cumpriram dois mandados nas imediações, um em um local de exploração sexual e outro na residência de um dos responsáveis pelo negócio.


A ação teve início após os incidentes armados nas proximidades da Delegacia de Polícia Federal em Jataí, levando os investigadores a correlacionar os eventos com a alegada prática dos crimes previstos nos artigos 229 e 230 do Código Penal. Os mandados foram executados com o objetivo de desarticular a rede criminosa que vinha atuando na região.


O nome "Área de Segurança" atribuído à operação destaca a proximidade da sede da Delegacia de Polícia Federal em Jataí, onde os crimes eram perpetrados. 


A gravidade das infrações em questão, que incluem casa de prostituição e rufianismo, pode resultar em penas cumulativas de até 9 anos de reclusão, sem prejuízo de outros crimes que possam emergir durante o desenrolar das investigações.

17 visualizações0 comentário
bottom of page