top of page

Polícia Civil prende mulher que enterrou bebê na casa onde morava, em Rio Verde

Acusada teria enterrado a criança com vida logo após o nascimento em 2009



Olha Goiás



Na manhã desta sexta-feira, a Polícia Civil do Estado de Goiás, através do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), realizou a prisão de uma mulher em Rio Verde, no contexto da Operação XADREZ 121. Esta operação visa o cumprimento de mandados de prisão relacionados a crimes graves em todo o estado de Goiás.


A acusada, cuja identidade não foi revelada, foi detida pelo caso que remonta a 24 de outubro de 2009, quando, segundo as autoridades, deu à luz um menino em sua residência e posteriormente o enterrou no quintal de casa. O bebê foi encontrado sem vida após a polícia ser alertada e realizar uma busca na propriedade.


Durante a investigação, a perícia constatou que o bebê nasceu com vida, o que resultou em acusações iniciais de homicídio qualificado. No entanto, a acusação foi alterada para infanticídio, um crime cometido quando uma mulher, influenciada pelo estado puerperal, mata o próprio filho logo após o parto.


A mulher alegou, na época, não ter conhecimento da gravidez e afirmou que o bebê não apresentou sinais de vida após o nascimento.


A prisão da acusada é preventiva e ela foi encaminhada ao Presídio de Serranópolis, onde aguardará julgamento.

83 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page