top of page

PM dá tapas em caminhoneiro durante abordagem em avenida de Goiás

Vídeo mostra o momento em que o caminhoneiro é abordado e um dos policiais militares e é agredido com tapas no rosto. Segundo a Polícia Militar, caminhoneiro avançou com o veículo de forma brusca durante a abordagem.


G1-Goiás

Policial Militar dá tapas em caminhoneiro durante abordagem em Goiatuba — Foto: Reprodução/Redes Sociais


Um policial militar foi filmado dando tapas em um caminhoneiro, em Goiatuba, no sul do estado. Um vídeo mostra o momento em que o caminhoneiro é abordado e um dos policiais militares aponta o dedo no rosto do motorista, que está fora do veículo e o agride com tapas, mesmo sem nenhuma reação do caminhoneiro (veja acima). Segundo a Polícia Militar (PM), o caminhoneiro avançou com o veículo de forma brusca durante a abordagem, amassando a porta de uma viatura.


Em nota, a Polícia Militar informou que abordaram o veículo após o caminhoneiro ultrapassar pela direita e esbarrar na viatura dos policiais. A nota aponta que, após tomar conhecimento do vídeo, foi instaurado um procedimento administrativo para apurar os fatos e que não compactua com qualquer possível desvio de conduta praticado por seus membros. Informou ainda que o caminhoneiro foi autuado por direção perigosa em via pública e que foi liberado após o pagamento de fiança.


O caso aconteceu na última sexta-feira (24). Segundo o dono da empresa em que o caminhoneiro agredido trabalha, o funcionário estava retornando de uma fazenda após transportar uma carga de adubo e semente para finalizar um plantio.


A empresa informou que havia um outro caminhão estacionado no momento em que o funcionário deu seta para ultrapassar, que não houve nenhuma colisão e que, neste momento, o caminhoneiro foi abordado pelos militares. Informou ainda que os exames toxicológicos do funcionário estão em dia.


Ainda segundo a empresa, a velocidade do caminhão no momento da abordagem foi checada nos rastreadores e constataram que não teve excesso de velocidade. Informou ainda que o funcionário foi agredido de forma física e verbal.

O que diz a Polícia Militar

Segundo a PM, o caminhoneiro jogou o caminhão de forma repentina e brusca contra dois veículos, que para não serem atingidos, foram para o canteiro central da pista. Os relatos dos militares que atenderam a ocorrência apontam que o motorista da viatura precisou subir em cima do canteiro central da pista para não ser atingido.


O caminhoneiro ainda teria colocado o corpo para fora da cabine e começou a ameaçar o motorista de um dos carros que teria sido ultrapassado, momento em que os militares ordenaram que o caminhoneiro descesse do veículo.


Segundo os militares, no momento em que foi pedido para sair do veículo, o caminhoneiro arrancou, batendo e amassando a porta da viatura, arremessando o comandante da viatura no chassi do veículo.


27 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page