top of page

Parte física pesa, e Botafogo não repete escalação há um mês

Globo Esporte


O Botafogo convive com problemas físicos, e Luís Castro está praticamente sendo obrigado a rodar o elenco nas últimas partidas pelo cansaço. A última vez que o técnico repetiu uma escalação entre dois jogos foi há praticamente um mês, na sequência entre Universidad César Vallejo, do Peru, e Bahia, nos dias 20 e 24 de maio, respectivamente.

Contra o Athletico Paranaense, em jogo das oitavas da Copa do Brasil na última quarta-feira, Luís Castro fez três mudanças em relação ao considerado "time titular". Marçal, Eduardo e Victor Sá começaram no banco para as entradas de Hugo, Gabriel Pires e Luís Henrique.

- Tivemos dois dias para este jogo e teremos mais dois para o Fluminense. Temos que fazer a gestão dos jogadores. Vai ser mais um jogo em que nós não temos tempo. É quase impossível termos aquilo que nós idealizamos em determinado momento da temporada. Veremos os jogadores que saem daqui (Arena da Baixada) com problemas - afirmou o treinador.

Desde o jogo contra o César Vallejo, há praticamente um mês, Luís Castro utilizou 23 jogadores nos diferentes 11 iniciais. Nesse intervalo de nove jogos, Adryelson, com oito aparições, e Leonel Di Plácido e Tiquinho Soares, com sete (cada), foram os que mais iniciaram jogos.

Muito desse cenário para repetir escalações e conseguir uma sequência de equipe vem das lesões. O Botafogo perdeu Danilo Barbosa, Rafael e Matías Segovia recentemente - o terceiro, inclusive, teria sido titular contra o Goiás, no último fim de semana, mas fraturou a mão no treino na véspera da partida.

- Acabamos com muitos jogadores em dificuldades, pois com um números maior de jogos eles vêm vindo a ter (lesões). Mas é para todos, não só para nós, não há o que lamentar. Quanto mais extensos e mais qualidade tiverem os elencos, mais prontos estarão para fazer mais fácil essa intensidade competitiva. Vamos ao jogo sempre com o mesmo sentimento, da oportunidade de ganhar e é dessa forma que vamos olhar o próximo jogo, assim como olhamos as eliminatórias, para virar no Nilton Santos e certamente, com a nossa torcida, vamos virar a eliminatória para o nosso lado - analisou o comandante.

O Botafogo volta aos gramados às 18h30 do próximo sábado para enfrentar o Fluminense, no Estádio Nilton Santos, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page