top of page

Palmeiras quer vender emprestados de luxo, mas nenhum tem situação definida

O meia-atacante Bruno Tabata, o meio-campista Eduard Atuesta, e o atacante Rafael Navarro não estão nos planos do Palmeiras para o restante da temporada




Mais Goiás

Bruno Tabata é o jogador emprestado pelo Palmeiras com maior destaque no novo clube. Foto: Reprodução/Qatar SC



O Palmeiras quer negociar os três “jogadores de luxo” que estão emprestados em outros clubes, mas até o momento não encaminhou a situação de nenhum deles.


O meia-atacante Bruno Tabata, o meio-campista Eduard Atuesta, e o atacante Rafael Navarro não estão nos planos do Palmeiras para o restante da temporada. O Alviverde acredita que o elenco está muito bem servido, e os jogadores não receberiam oportunidades em um retorno.


Bruno Tabata: o meia está emprestado ao Qatar SC até 30 de junho de 2024. Ele é o emprestado de maior sucesso. No clube qatari são 24 jogos, 9 gols e 6 assistências no Palmeiras ele só fez dois gols em mais de 30 jogos.


A opção de compra no contrato é de 5 milhões de euros (cerca de R$ 27,6 milhões na cotação), mesmo valor que o Alviverde pagou para tirá-lo do Sporting.


Eduard Atuesta: o meio-campista colombiano está emprestado ao Los Angeles FC até 31 de dezembro deste ano. Ele deixou o Palmeiras recentemente, mas já tem oito jogos, dois gols e uma assistência em sua volta à MLS.


O jogador acabou de ser cedido pelo Palmeiras, mas se mantiver o nível de atuações até o final do empréstimo pode ficar nos Estados Unidos em definitivo —o modelo de negócio é um empréstimo com opção de compra que pode virar obrigação em caso de algumas metas atingidas, o valor não foi revelado.


Rafael Navarro: o atacante está cedido ao Colorado Rapids, também da MLS, até 30 de junho deste ano. O jogador teve um ano de 2023 muito ruim, mas deslanchou nesta temporada. No ano passado foram 10 jogos, um gol e uma assistência.


No entanto, em 2024 já são 4 gols e uma assistência em apenas 9 jogos. O valor da opção de compra é de 5 milhões de dólares (R$ 25,8 milhões). Como no caso de Tabata, o Palmeiras ainda não foi comunicado sobre a vontade do clube norte-americano.


Navarro chegou sem custos ao Palmeiras após ficar livre de contrato, mas o Alviverde quer recuperar o que foi pago em luvas e vencimentos do atleta. Já nos casos de Atuesta e Tabata, o clube tenta recuperar valores próximos ao que pagou para contratá-los.

6 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page