top of page

Palmeiras fez R$ 187 milhões em negociações de atletas em 2023

Globo Esporte



O Palmeiras arrecadou R$ 187 milhões com negociações de atletas em 2023 e fez das transferências uma das maiores fontes de receita do clube ao longo da última temporada.


A arrecadação cresceu 8% em relação a 2022, quando o clube registrou R$ 173 milhões, e esse aumento, na avaliação do clube, se deu principalmente por conta das metas esportivas estipuladas no contrato de venda de Endrick ao Real Madrid. E o Verdão ainda tem valores a receber.


Os números foram registrados no balanço financeiro do Palmeiras, aprovado por unanimidade pelo Conselho Deliberativo na última segunda-feira.


Na documentação, foram detalhados R$ 185 milhões arrecadados pelo futebol profissional e mais R$ 1,4 milhão pelo futebol de base.


Os números da base são referentes às negociações dos atacantes Ruan Ribeiro, por empréstimo ao Valmiera, da Letônia, e Vitinho, ao Valerenga, da Noruega, além de outros R$ 367 mil por mecanismo de solidariedade - dispositivo criado pela Fifa como compensação aos clubes formadores dos atletas.


No profissional, as transferências de Danilo ao Nottingham Forest e Giovani ao Al-Sadd foram os maiores recebimentos registrados pelo clube, com R$ 98,8 milhões e R$ 47 milhões, respectivamente. Outros nomes como Kuscevic, Merentiel e Navarro também estão na lista.


No caso de Endrick, há R$ 23 milhões referentes a metas cumpridas ao longo da última temporada no balanço. Os bônus, porém, já subiram em 2024 para R$ 53 milhões entre gols e convocação para a seleção brasileira principal.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Fórmula 1 divulga calendário de 2025 com 24 corridas

A modalidade manteve o mesmo número de corridas de 2024 para o calendário do ano que vem. Veja a partir de quando a temporada começa Metrópoles A Fórmula 1 confirmou o calendário de 2025 com 24 etapas

Komentarai


bottom of page