top of page

Padrasto tenta separar briga entre enteada e a mãe e é esfaqueado pela garota, em Jataí

Mãe disse à polícia que a briga com a filha começou após ela repreender a menina pelo uso excessivo do celular e ver a menor com uma faca. Padrasto foi internado e passou por cirurgia, em Jataí.


G1-Goiás



A polícia divulgou que um homem de 30 anos ficou ferido após ser esfaqueado nas costas pela enteada, de 17, em Jataí, no sudoeste de Goiás. De acordo com o delegado Marlon Luz, a menina estava brigando com a mãe e, quando o padrasto tentou contê-la, ela o esfaqueou.


“A mãe repreendeu a filha por causa do excesso do uso do celular, não estava ajudando em casa e dando atenção, mas ela não gostou. A mãe disse que visualizou a filha com uma faca, a questionou e a discussão começou ”, explicou o delegado.


O g1 perguntou ao Ministério Público de Goiás (MPGO) se a jovem foi internada e se o órgão apura o caso, mas não obteve informações até a última atualização desta reportagem.


O caso aconteceu na última segunda-feira (1º), na zona rural da cidade. O delegado explicou ainda que o padrasto da adolescente correu para pedir ajuda, mas a adolescente o perseguiu, momento em que ele teria usado um cabo de enxada para se defender e bateu o objeto contra a cabeça da menor.


Marlon contou que foi a mãe quem levou o companheiro a filha ao hospital. Na unidade, a equipe policial foi acionada e apreendeu a menor em flagrante, suspeita de ato infracional análogo à tentativa de homicídio. O padrasto está internado no Hospital Estadual de Jataí e passou por cirurgia.


Segundo o delegado, o ferimento nas costas do homem tinha cerca de 5 cm de profundidade.


Conforme explicou o delegado, a menor passou por tomografia, mas recebeu alta e, por isso, foi apreendida em seguida.


42 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page