top of page

Operação resgata idosos em situação de abandono e maus-tratos em Anápolis

Dois deles estavam em iminente risco de morte e foram resgatados de situações de extremo abandono. Eles foram encaminhados para hospitais



Mais Goiás



Operação da Polícia Civil realizada em Anápolis, nos dias 23 e 24 de fevereiro, identificou situação de maus-tratos de pelo menos nove idosos na cidade. Dois deles estavam em iminente risco de morte e foram resgatados de situações de extremo abandono. Eles foram encaminhados para hospitais.


Uma delas é uma idosa que tinha um filho com esquizofrenia, completamente dependente. Ela teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC), perdeu 80% da visão e ficou em cadeira de rodas.


Outro idoso é um cadeirante, de 80 anos, que vivia na zona rural de Anápolis e foi encontrado desnutrido, sem filhos, sem água e energia. Ele foi levado para um abrigo.

Além disso, três idosos foram encaminhados para abrigos e quatro foram confiados para outros parentes que não o cuidador.


O delegado Manoel Vanderic explica que se tratou de uma operação que visou “colocar em dia” as denúncias recebidas na Delegacia do Idoso de Anápolis.


“Fazemos visitas diárias. Mas como o volume de denúncias é grande, precisamos fazer uma operação mensal para colocar em dia as visitas”, salienta.


Ao todo, os policiais apuraram 42 denúncias de crimes contra idosos. Serão instaurados 15 inquéritos policiais por maus tratos e abandono.



6 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page