top of page

Operação de férias nas rodovias federais de Goiás registra 6 mortes e 21 feridos no final de semana

Mais Goiás


Durante o final de semana, as rodovias federais de Goiás, sob responsabilidade da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram palco de 23 acidentes que resultaram em seis mortes e deixaram 21 pessoas feridas. Com o objetivo de garantir a mobilidade e segurança viária, as ações de fiscalização resultaram em 657 autuações por infrações de trânsito, destacando-se o uso inadequado do cinto de segurança, o uso de celular na direção, a condução sob efeito de álcool e ultrapassagens em faixa contínua.

Durante o período, a PRF intensificou suas atividades de fiscalização, abordando e vistoriando um total de 1.946 veículos e 1.634 pessoas que transitaram pelas rodovias federais goianas. Entre as infrações mais recorrentes identificadas, destacam-se 52 flagrantes de condutores ou passageiros que não utilizavam o cinto de segurança, o que segundo a PRF, representa um risco significativo em caso de acidentes. Além disso, oito motoristas foram flagrados utilizando o celular enquanto dirigiam.

Mais de 20 pessoas ficam feridas após rampa desabar durante festival de rap em Goiânia

A embriaguez ao volante também foi uma conduta preocupante. Ao todo, 29 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool. Segundo a PRF, a mistura de álcool e direção é uma das principais causas de acidentes graves, originada em consequências trágicas para os condutores e demais usuários das rodovias. Por fim, foram registrados 92 casos de ultrapassagens em faixa contínua.

Segundo a assessoria de comunicação da PRF, a atuação nessas férias visa coibir essas infrações e garantir a segurança dos usuários das rodovias federais, promovendo a conscientização sobre a importância do respeito às leis de trânsito. “A fiscalização rigorosa é fundamental para prevenir acidentes e preservar vidas, além de contribuir para a construção de um trânsito mais seguro e responsável em Goiás. A população também desempenha um papel essencial nesse contexto, cumprindo as normas e colaborando para a redução dos índices de acidentes e vítimas nas estradas”, finaliza.

15 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page