top of page

Operação da Polícia Civil prende autores de crimes contra crianças em Goiás

Em uma das ações, a polícia cumpriu mandado de prisão preventiva, na quarta-feira (4), contra autor de estupro de vulnerável ocorrido em 2019


Mais Goiás

Prisão de suspeito de crime contra criança (Foto: PC - Divulgação)


A Polícia Civil de Goiás realizou operação para apurar crimes contra crianças em Goiás. Três pessoas acabaram presas durante a ação policial, que foi orientada pelo Ministério da Justiça. Delitos envolvem estupros e agressões.


Em uma das ações, a Polícia Civil cumpriu mandado de prisão preventiva, na quarta-feira (4), contra autor de estupro de vulnerável ocorrido em 2019. O homem teria praticado o crime contra as netas, de 13 e 8 anos à época, no município de Mineiros, na região sudoeste de Goiás.


Agressões


Em Águas Lindas, no Entorno do Distrito Federal, policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) prenderam em flagrante uma mulher de 38 anos por maus-tratos praticados contra o filho de apenas 1 ano e meio.


O Conselho Tutelar foi acionado e relatou à Polícia Civil que a autora, mãe de quatro crianças, é usuária de drogas, mora em uma casa sem mínimas condições de higiene, tem hábito de ingerir bebida alcoólica e de levar os filhos para os bares. Ela já foi denunciada anteriormente por agressão física contra as crianças. A vítima foi internada no hospital com mais de 40 lesões pelo corpo.


Estupro


Em Trindade, na região Metropolitana, a DPCA cumpriu mandado de prisão de um homem de 27 anos por estupro de vulnerável em desfavor de duas crianças, de 7 anos e 5 anos. O homem é tio das vítimas. A mãe deixava as infantes aos cuidados desse tio, que mora na mesma residência, para fazer faculdade.


Quando o pai buscou as filhas para passar o fim de semana, elas confidenciaram os abusos. Uma delas informou que os estupros aconteceram mais de uma vez.




25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page